(Resenha) Diários do Vampiro–A Fúria

***************** ALERTA DE SPOILER **********************
A resenha contém informações sobre o enredo qualquer um que não tenha lido os dois primeiros volumes da série.

Diários do vampiro - A fúria

Neste volume, o leitor ficará sabendo como foi a transformação de Elena em vampiro. Quais foram as consequências dessa transformação e como ficou a “vida” da vampira Elena.

Ao mesmo tempo em que Elena se acostuma com suas novas sensações e poderes, e a nova fome por sangue humano, um Poder invisível começa a agir sobre a cidade.

Neste volume, os conflitos resultantes do trio amoroso constituído por Stephan, Damon e Elena são bastante evidenciados. A boa notícia é que Elena faz sua escolha, afinal, e ajuda a selar um pacto de paz entre os dois irmãos.

Os poderes paranormais de Bonnie são muito melhor explorados neste volume. A história é boa, no geral, sem nada excepcional mas dá uma boa distração.

Recomendado para quem gosta de uma leitura recreativa de fácil entendimento e também pra quem é ligado em rituais de magia e lendas em geral. 

Ficha Técnica:
Título: Diários do Vampiro – A Fúria
Título original: The Fury
Autor: J.L. Smith
Tradução: Ryta Vinagre
Editora: Galera/Record
Ano: 2012

Leia também: Diários de Vampiro