A Hospedeira

O artigo que segue é apenas um teaser, não uma resenha. Não há spoiler.
 
Stephenie Meyer apareceu de repente, com uma história sobre vampiros vegetarianos e apaixonados e em pouco tempo conquistou legiões de fãs adolescentes e alguns fãs não tão adolescentes assim. Com um estilo de escrita muito simples, e ao mesmo tempo bastante prolixo, Stephenie não segue nenhum manual do tipo "como escrever bem" nem nada disso. Ela faz tudo “errado”, seus livros são cheios de clichês, palavras repetidas,   e lugares-comuns e, mesmo assim, é impossível interromper a leitura de cada um deles enquanto não se conhece o final.
 
Pode-se dizer muitas coisas sobre Stephenie Meyer, menos que ela não saiba contar uma história.
 
A Hospedeira, publicado no Brasil pela Editora Intrinseca, é exatamente assim: extravagante no argumento, simples na escrita, e absolutamente viciante.
 
Na história, o planeta foi invadido por um inimigo silencioso que é implantado nos corpos dos humanos, e que toma o lugar de sua consciência, suprimindo o livre-arbítrio. Isso aconteceu porque o homem ficou muito violento e estava destruindo o planeta e a si mesmo.
 
Ser implantado em humanos selvagens e adultos, entretanto, não é fácil para as Almas - esse é o nome dado aos alienígenas implantados - que precisam aprender a conviver com a grande quantidade de sentimentos e sensações humanas até então desconhecidos.
 
Quando a Alma, chamada Peregrina, foi implantada em Melanie Stryder, encontrou uma lutadora que se recusou a desaparecer. Atormentada pelas visões de Jared e Jamie, namorado e irmão de Melanie, Peregrina se põe em risco ao atravessar o deserto em busca desses dois amores.
 
A partir daí se desenrola uma história ótima em que Melanie tenta se libertar para ficar com seu Jared e Peregrina tenta provar que é uma alma decente e boa e que merece ter uma vida própria.
 
Duas mentes habitando o mesmo corpo. Guerra e paz, amor e desejo, medo e culpa ao mesmo tempo e como somente Stephenie Meyer é capaz de descrever.
 
Ficha Técnica:
Título: A Hospedeira (The Host)
Autor: Stephenie Meyer
Tradução: Renato Aguiar
Páginas: 560
Editora: Intrinseca
Preço: 14,90